segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Salão de Humor de Caratinga Marca Presença na Apresentação do Ziraldo na Quadra da Tradição

Ziraldo, com sua esposa Márcia, recebe o abraço dos cartunistas cariocas Elihu, Magon, Jair Lima, Deborah, Daniel Brow, Zé Roberto, que se uniram ao Cartunista Edra, representando o Salão de Humor de Caratinga, no evento.

Ziraldo fala ao presidente Nézio Nascimento de sua emoção pela homenagem 

O carnavalesco Augusto de Oliveira recebe uma camisa do Salão de Humor de Caratinga, das mãos do cartunista  Edra

Exibição do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira 

Raphaela Nascimento recebe a faixa e coroa de Rainha da Bateria

E o beijo e o carinho do homenageado Ziraldo

e o abraço do cartunista Edra, Presidente do Salão de Humor de Caratinga, que terá uma ala no desfile da escola na Marquês de Sapucaí no dia 21 de fevereiro de 2012.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Ziraldo e Cartunistas Cariocas Estarão na Coroação da Rainha da Bateria da Tradição

Na homenagem ao Ziraldo, também terá na avenida uma ala do Salão de Humor de Caratinga formada por cartunistas de várias partes do país.

CONVOCAÇÃO GERAL 

Dia 15 de dezembro, próxima quinta-feira, Ziraldo estará na quadra da Escola de Samba Tradição, que este ano traz o enredo em sua homenagem "Ziraldo: páginas da vida de um maluco genial!", quando haverá também a coroação da Rainha da Bateria. 
No desfile da escola do carnaval 2012, terá uma ala do Salão de Humor Caratinga formada por cartunistas. 
Fica aí o convite a todos e principalmente, nesta oportunidade, os amigos cartunistas da cidade maravilhosa.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Salão, Muito Além do Humor

A Visão do Cartunista Edra sobre o Salão de Humor de Caratinga

Em 1978, tive uma imensa alegria quando fui selecionado para o Salão de Humor de Piracicaba. Aos 18 anos, esta participação foi muito significativa pra mim; foi a primeira vez que mandei um desenho para um salão de humor, e ser classificado justamente num dos melhores salões do mundo, me encheu de vida! 
Foi no mesmo ano em que cheguei a Brasília, à procura de trabalho, com minha pasta de desenhos a tira colo, mas que ainda não havia mostrado pra ninguém, a não ser meus pais e irmãos. Ganhei confiança.

Morando no interior, sem a visibilidade que hoje nos permite a internet e  limitado às pouquíssimas revistas  que eram publicadas na época, ver um desenho meu publicado num jornal era um sonho muito distante, quase inacessível. 
Pois, traduzir minhas idéias em traços, sem ter acesso a nenhum original e sem conhecer algum profissional da área que pudesse me passar dicas, tornava meu universo muito limitado e minha introspecção mais aguda. Não tinha parâmetro, o que acentuava também minha timidez. Fazia meus desenhos e engavetava, tinha vergonha...

Mas, dois anos depois, trabalhava como chargista no Correio Braziliense, um dos maiores jornais do país. Nos anos seguintes, já contabilizava inúmeras participações em salões de humor no Brasil e mundo afora, inclusive abocanhando algumas premiações. Participar dos salões de humor abriu meus horizontes, pautou a minha criatividade, desatou as minhas amarras, oferecendo oportunidades que nem imaginava. Talvez por isso, depois de alguns anos como cartunista profissional, realizar um salão passou a borbulhar na minha mente e ser uma obsessão mesmo que ainda não tivesse visitado algum pessoalmente, sem a mínima noção de como era sua dinâmica.

No entanto, tinha a convicção de uma coisa: "o salão era uma ferramenta que podia alavancar o potencial de muitos jovens dos mais longínquos lugares, pois ele oferece ao iniciante um leque de técnicas e estilos dos mais variados, o contato direto com o artista do ramo, servindo ainda de vitrine e estímulos, que se não chegam a tempo hábil, podem sepultar um sonho” . E mentalizava: "tem ser realizado em Caratinga, aqui na minha cidade natal, a terra de Ziraldo". Realizei o primeiro em 1988, sem conhecer, de perto, nenhum salão.


Hoje, com a graças de Deus, nosso salão atinge a expressiva marca de onze edições. Embora seja realizado de forma artesanal, enfrentando dificuldades operacionais e geográficas de acesso, atinge os mesmo objetivos que outros com infra estrutura, dando visibilidade aos novatos, revelando grandes talentos e tendo a honra da participação de grandes cartunistas. Figura entre os melhores do Brasil, em qualidade e longevidade. Tem a simpatia dos cartunistas e, principalmente credibilidade entre os participantes e patrocinadores.

É assim que, hoje, analiso o salão de humor. Uma vez aberta a cortina do espetáculo que traz entretenimento, cultura, conhecimento para os que estão na plateia, serve de palco para que os artistas, cada qual com suas dificuldades, seus anseios e suas necessidades - possam expressar em igualdade de condições sua vocação e levar sua arte onde o povo está. 

Cartunista Edra
Realizador do Salão de Humor de Caratinga
Diretor da Casa Ziraldo de Cultura
Presidente da Estação Cultural de Caratinga
Membro do MAC - Movimento Amigos de Caratinga

Uma Homenagem de Inúmeros Traços e Sem Nenhuma Economia de Humor

Míriam Leitão a Grande Homenageada

A jornalista e escritora caratinguense Miriam Leitão ficou feliz com a homenagem recebida no 11º Salão Internacional de Humor de Caratinga, no último dia 3, na Casa Ziraldo de Cultura e se emocionou com a recepção da banda de música "Santa Cecília". 

Na oitava edição do nosso salão, em 2006, inovamos e resolvemos acrescentar a categoria caricatura temática que naquele ano homenageou o Ziraldo
A repercussão foi fantástica entre os cartunistas participantes, os visitantes e o homenageado. 
Na edição seguinte não foi diferente com Agnaldo Timóteo
Neste ano, a escolhida para receber a nossa homenagem foi mais uma grande personalidade de Caratinga: Miriam Leitão, escritora, profissional de destaque do jornalismo brasileiro e muito admirada pelos seus conterrâneos. 
O salão chegou ao seu final na última sexta-feira, 18,contabilizando mais um sucesso.Estamos convictos que foi uma justa e merecida homenagem, singela, que pode não representar nada nas bolsas de valores, mas que é um investimento seguro na área do reconhecimento, com repercussão positiva no mercado internacional do sorriso e da alegria. 

Salão de Humor de Caratinga Inova Com Ação Social Apresentando o Grupo "Caricatura Solidária"

Participação da Caricatura Solidária foi um sucesso

Em sua décima primeira edição o Salão Internacional de Humor de Caratinga, ao lado dos salões de Piracicaba, e Volta Redonda, é hoje um dos mais tradicionais do País. 
O 11° Salão Internacional de Humor de Caratinga foi inaugurado na noite de 20 de outubro e expôs, além das categorias Cartum, Charge e Caricatura, uma série de desenhos humorísticos em homenagem à jornalista Mirian Leitão
Além disso, pela primeira vez na história dos salões de humor brasileiros, uma ação social foi planejada, arrecadando uma boa quantidade de alimentos para a Casa de Maria, instituição que abriga crianças carentes. A ação foi realizada pelos desenhistas do grupo Caricatura Solidária, do Rio de Janeiro, Deborah Trindade, Liliana Ostrovsky, Marcelo Magon e Zé Roberto Graúna, e consistiu na troca de alimentos não perecíveis por uma caricatura feita na hora. O grupo teve também o reforço de mais dois cartunistas cariocas, Renan Cristian e Souza, que atuaram brilhantemente durante os dois dias de caricatura ao vivo. 
A iniciativa agradou muito os visitantes e diante do sucesso alcançado, o cartunista Edra pretende trazer novamente o grupo a Caratinga para novas parcerias, inclusive ministrar oficinas das mais diversas modalidades na Casa Ziraldo de Cultura.

Mestres e Feras do Cartum, Charge e Caricatura, Já Compuseram Nossa Comissão Julgadora

HUAI - HUmor Ano Inteiro - Página 7
Informativo do Salão de Humor de Caratinga

O Salão de Humor de Caratinga começou grande, pois já em sua primeira edição, em 1988, no sesquicentenário de Caratinga, recebeu inscrições de mais de 500 cartunistas, entre eles, muitos nomes consagrados, seduzidos, suponho, de participarem do salão de humor da terra do Zélio (um dos fundadores do Salão de Piracicaba) e do Ziraldo
Nosso salão se orgulha também de saber que muitos artistas que integram o top da nova geração de cartunistas deram os seus primeiros passos aqui sob os crivos de artistas renomados que já integraram as nossas comissões julgadoras que foram formadas ao longo destes anos, entre eles: Nani, Cau Gomez, Gual, Amorim, Leite, Ferreth, Son Salvador, Orlando, Fernandes, Nei Lima, Zé Roberto Graúna, Ed, Raphael Fernandes, Gilmar, Fausto, Duke, Joanfi, Afo, Quinho, Rico, Santo, Lute, Alves, Paulo Barbosa, Jorge Inácio, Nilton, Marco, Rose Araújo, Loo, Luiz Saguar, João Marcos, Adail, Carvall, Debirah trindade, Guidacci, Jal, liliana Ostrovsky, Magon e os caratinguenses Max’s Portes, Camilo,Sylvio Abreu,  Mayrink e Paulo Vieira. 
Tivemos também o privilégio de receber a visita dos cartunistas Klévisson, de Fortaleza (CE), Érico, de São Luis (MA), Souza,  Glen Batoca, Alan Souto Maior e Rena Cristian do Rio de Janeiro.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Salão de Humor de Caratinga na Marquês de Sapucaí com a Tradição no Carnaval do Rio 2012



A Escola de Samba Tradição, agremiação do bairro de Campinho, que desfila pelo Grupo B, vai homenagear o escritor, cartunista e chargista Ziraldo com enredo "Ziraldo: páginas da vida de um maluco genial!", que será desenvolvido pelo carnavalesco Augusto de Oliveira
Na sinopse do enredo, teremos uma ala do Salão de Humor de Caratinga, formada só por cartunistas.
Na próxima semana, alguns membros da Diretoria da Tradição estarão em Caratinga e na oportunidade será detalhada a nossa participação com o cartunista Edra, que desde já convoca a todos os amigos cartunistas para abrilhantar esta ala e fazer bonito na avenida.
O desfile será na terça-feira, dia 21 de fevereiro de 2012.
Voltaremos depois com mais detalhes.

Confira a letra do samba: 


Nesta noite de magia,a alegria está no ar 
Meu Condor vai prá folia 
Abre o livro e faz sonhar 
No universo encantado vem comigo viajar 
No pulsar da batucada vamos todos "Ziraldar" 
Da infância em Caratinga 
Trouxe a arte como herança 
Desenhando fez a vida 
Ter a cara de criança
Do gibi para o cinema chega ao mundo virtual 
"comequieto" este mineiro...é orgulho nacional 
Das histórias em quadrinhos no jornal 
"O Menino Maluquinho" , genial ! 
Em seu sonho de esperança, 
cada conto uma aquarela 
qual desenho de criança 
seu chapéu é uma panela 
Mensageiro da cultura,visionário do saber 
Disse não a ditadura,fez a hora acontecer 
No combate a censura,general tupiniquim, 
Sua arma era a ternura,seu torpedo " O Pasquim"
Numa nave imaginária pro espaço ele voou 
Foi criar a cor da lua,o astronauta constatou 
Nesse mundo colorido tem folclore do Brasil 
O "Saci" e sua turma,obra prima infantil 
Canta ai arquibancada,vou brincando com você 
Ensinando a garotada como é bom gostar de ler 
Hoje a festa da leitura 
É no palco da ilusão 
Em homenagem ao Ziraldo 
Vem chegando a Tradição